sábado, 31 de agosto de 2013

SUBPAC e DRE 8 realizam curso de formação para professores

Renantique lotou o Museu Histórico de Sergipe

“Patrimônio Cultural e Ações Educativas” esse foi o tema do curso de formação continuada para professores do Ensino Básico da rede estadual de ensino realizado pela diretoria regional de Educação (DRE 08), da secretaria de Estado da Educação em parceria com a Subsecretaria de Patrimônio Histórico e Cultural (Subpac) e com o IPHAN. O curso teve início na manhã de sexta-feira, 23, e terá a duração de 80h, divididas em seis dias de atividades interdisciplinares, com conclusão no próximo mês de novembro.

O objetivo do curso de formação é capacitar os professores da rede pública de ensino quanto aos aspectos práticos e teóricos da Educação Patrimonial, bem como facilitar a conscientização da comunidade para a preservação de patrimônio material e imaterial. O primeiro dia de atividades foi realizado na cidade histórica de São Cristovão, onde fica localizada a Praça São Francisco, patrimônio da humanidade. As atividades começaram com a abertura do subsecretário de Patrimônio do Estado, Professor Luis Alberto, seguida pela palestra da professora Beatriz Góis Dantas, mestre em Antropologia, com o tema “O conceito antropológico de Patrimônio Cultural”.

Após as palestras os professores acompanharam um recital de poesias com os poetas e historiadores, Thiago Fragata e Maria da Glória, que na ocasião emocionaram os presentes com diversas poesias, entre elas a de Ferreira Gullar “Quando dois e dois são quatro”. As atividades continuaram com a visita guiada ao Museu de Arte Sacra e ao Museu Histórico de Sergipe. 

Maria Gloria fez recital com Thiago Fragata


Para o diretor da DRE 08, Gaspeu Fontes, a sua diretoria é estratégica para as ações de patrimônio, pois abrange os municípios que abrigam as cidades consideradas mais importantes para o patrimônio histórico cultural de Sergipe, que é Laranjeiras e São Cristovão. “Nós tomamos a iniciativa de realizar esse curso, pois não poderíamos contar com profissionais melhores que os professores para estarem multiplicando a importância da preservação dos patrimônios históricos e culturais dessas cidades históricas”, afirmou o diretor.

Fontes destacou ainda a grande procura dos profissionais pela capacitação, “abrimos o curso para 70 profissionais, mas tivemos que ampliar as inscrições, pois mais de cento e dez professores solicitaram a matrícula, atribuo a grade procura à qualidade técnica dos profissionais que trouxemos para compor esse curso, a professora Beatriz Góis é unanimidade no que diz respeito ao patrimônio, o professor Luiz Alberto também, então estamos satisfeitos com os resultados alcançados”, destacou o professor Gaspeu Fontes, diretor da DRE 08.

Durante a tarde os professores acompanharam o projeto “Patrimônio em Concerto”, realizado pela secretaria de Estado da Casa Civil, por meio da SUBPAC em parceria com a SERGÁS. O concerto foi realizado pelo grupo de música medieval e renascentista Renantique no Museu Histórico de Sergipe. Já no final da tarde os professores puderam acompanhar um cortejo de grupos folclóricos da cidade de São Cristovão.

Para a professora Beatriz Góis, ”iniciativas como essa são louváveis, pois os professores são os melhores atores sociais para proteger e difundir a importância de preservação do Patrimônio, principalmente da forma como está se dispondo o curso com a parte teórica e prática da conservação de patrimônio material e imaterial”, analisou a professora. O curso terá continuidade nas cidades de Laranjeiras, Aracaju e Porto da Folha, todas as cidades importantes berços da História e Cultura do Estado de Sergipe, com palestras e apresentações culturais. A próxima aula será no dia 27 de setembro na cidade de Laranjeiras. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.