quarta-feira, 20 de junho de 2007

Siqueira de Menezes: um sergipano à toda prova

Siqueira de Menezes, o "olhar da expedição"" nas palavras de Euclides da Cunha


RESUMO: Apresenta síntese biográfica de Siqueira de Menezes (1852/1931) a partir das pesquisas. O militar teve uma atuação marcante na Guerra de Canudos (1896/1897) e foi Governador de Sergipe (1910/1013).




SIQUEIRA DE MENEZES: UM SERGIPANO A TODA PROVA

Por Thiago Fragata
José de Siqueira Menezes nasceu em São Cristóvão, no dia 7 de dezembro de 1852, onde iniciou estudos primários. Concluiu o secundário em Laranjeiras, centro intelectual florescente. Quanto à formação profissional, optou pela carreira militar, matriculando-se na conceituada Escola de Engenharia do Rio de Janeiro, onde assentou praça em 1870, último ano da Guerra do Paraguai. O ideal republicano invadiu o Brasil como conseqüência do aludido conflito, pois a fórmula do regime paraguaio inculcara os nossos generais.

 
DESEJA RECEBER O ARTIGO COMPLETO?
ENCAMINHE SEU PEDIDO PARA O AUTOR
Email: thiagofragata@gmail.com
Você receberá o artigo mediante pagamento de taxa de R$ 30,00 (trinta reais), esse valor simbólico custeará próximo livro de Thiago Fragata.


2 comentários:

  1. Meu bisavô por parte de pai!
    Meu nome é Juliana, se quizer conversar sobre o assunto:
    sunsamadhi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Ola professor.
    Vim ate o seu espaço em busca de informações sobre Siqueira de Menezes pois sou aluno do curso de turismo do IFS.
    Agradeço sua contribuição para o meu aprendizado sobre figuras de destaque da sociedade sergipana e, aproveito a oportunidade para convidá-lo a visitar a Coordenação de Hospitalidade e Lazer do Instituto Federal. Lá o senhor muito provavelmente encontrará terreno fecundo para levantar a bandeira do tombamento mundial da nossa Praça de São Francisco em São Cristovao.
    O nosso coordenador é o historiador Amancio Cardoso que muito provavelmente terá enorme prazer em recebê-lo.
    Abraços e mais uma vez obrigado.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre essa matéria.