sábado, 26 de fevereiro de 2011

Banda Sibberia grava clip no Museu Histórico de Sergipe



Clip "Velhos Fantasmas" da Banda Sibberia foi rodado nas dependências do Museu Histórico de Sergipe.O esforço da equipe MHS é diversificar suas atividades e fazer da instituição mais do que uma casa de visitas, contrariando o conceito senso comum de museu.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Ministério Público pede retirada das torres do Cristo

Charge de Thiago Fragata. 2009

Sentença judicial do Ministério Público Estadual determina que as torres de telefonia (Oi e Vivo) que dividem a paisagem com o monumento do Cristo Redentor, em São Cristóvão, terão que ser retiradas. As torres ferem a legislação de patrimônio, foram colocadas mediante acordo obscuro com ex-prefeito e representam risco a vida de quem aprecia o primeiro redentor erigido no Brasil.

Leia na integra a sentença judicial do Ministério Público Estadual:
http://www.nenoticias.com.br/lery.php?var=1298482219

Conheça os capítulos anteriores dessa luta em prol da valorização do Cristo Redentor mais antigo do Brasil:

http://thiagofragata.blogspot.com/2008/09/cristo-redentor-de-so-cristvo-1978-em.html

VI FASC: retrospectiva em cartaz

O VI Festival de Arte de São Cristóvão foi realizado entre os dias 23 e 25 de setembro de 1977. O cartaz é uma foto-montagem da Bloch Editores.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

V FASC: retrospectiva em cartaz


O V Festival de Arte de São Cristóvão foi realizado entre os dias 24 e 26 de setembro de 1976. O cartaz foi elaborado por Airton L. Campos Bicudo.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

IV FASC: retrospectiva em cartaz


O IV Festival de Arte de São Cristóvão foi realizado entre os dias 26 e 28 de setembro de 1975. O cartaz foi elaborado pela JJ Propaganda.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

III FASC: retrospectiva em cartaz


O III Festival de São Cristóvão foi realizado entre os dias 20 e 22 de setembro de 1974. O cartaz elaborado por Carmem Barreto Lima conquistou o Prêmio Horácio Hora. A obra apresenta evolução do boi de Reisado na Praça São Francisco.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

II FASC: retrospectiva em cartaz


O II Festival de Arte de São Cristóvão aconteceu no período de 31/8 a 2/9 de 1973. O cartaz é obra de Rui Carvalho de Almeida.

I FASC: uma história em cartaz

Por Thiago Fragata

O I Festival de Arte de São Cristóvão ocorreu entre os dias 1 e 3 de setembro de 1972. Organizado pela Universidade Federal de Sergipe visando comemorar o sesquicentenário da Independência do Brasil o evento revelou-se uma grande e diversificada mostra das manifestações artísticas das várias regiões do Brasil.

O primeiro cartaz foi elaborado a partir de uma fotografia de Jairo Almeida, então fotógrafo oficial da UFS, com arte final de Nicolas Almeida. A imagem representa "um sol que fez renascer a cidade histórica para um novo tempo" como ressaltou João Pires Wynne no discurso de abertura. O monumento em destaque é o Convento de São Francisco.

A Universidade Federal de Sergipe lançou Uma História em Cartaz: FASC, em 2008. O catálogo foi idealizado por Thiago Fragata a partir de pesquisa que reuniu todos os cartazes. A coleta de dados teve a imprescindível colaboração de Cleber Santana.

Thiago Fragata - Poeta, historiador, diretor do Museu Histórico de Sergipe (MHS). E-mail: thiagofragata@gmail.com

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Um encontro com a História sergipana

Praça São Francisco vista do Museu Histórico de Sergipe. foto: Kadidja Albuquerque


Por Kadidja Albuquerque

Há 26 km de Aracaju está São Cristóvão. A cidade agrega títulos como a primeira capital de Sergipe e a quarta cidade mais antiga do país (fundada em 1590). Recentemente, mais um: a Praça São Francisco foi considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Só isso já evidencia o quanto as suas ruas, prédios e personalidades guardam uma importante história do nosso estado.

No final de janeiro, resolvi que queria fazer algo diferente no meu sábado à tarde, e parti rumo à São Cristóvão para fotografar a Praça São Francisco e passear um pouco pelas ruas. Adoro cidades históricas porque são sempre aconchegantes e rendem belas imagens. Entretanto, quando cheguei, resolvi que iria fazer um passeio diferente. Foi então que decidi entrar em contato com a história não apenas da cidade, mas do estado, através de uma visita guiada pelo Museu Histórico de Sergipe.

O prédio do MHS fica no entorno da praça e possui uma vista privilegiada do Convento de São Francisco e do Museu de Arte Sacra. Como todo o conjunto arquitetônico, o museu é um legado do período da União Ibérica, quando Portugal estava sob o domínio da Espanha. Fui recebida por Everlane Moraes, uma moça bastante simpática e que conhece tudo sobre o museu. Ela me contou que o prédio é do século XVIII e que até 1855 serviu de Palácio Provincial quando São Cristóvão ainda era capital sergipana. Depois, o prédio passou quase 100 anos servindo para outras utilidades. Já foi delegacia, cadeia, e até residência do nosso grande artista Jenner Augusto.


Leia matéria completa em www.agenteviaja.com

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Ministra da Cultura deve vir a Sergipe dia 15 de março

Secretária Eloísa Galdino, presidente do IPHAN Luiz Fernando e a ministra Ana de Hollanda (Foto: Ascom Cultura)

As boas notícias à cultura sergipana não param. Na tarde da última terça-feira, 8, a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, anunciou que o Estado de Sergipe receberá a visita da nova ministra da Cultura, Ana de Hollanda. A vinda da ministra está prevista para 15 de março. Na ocasião, a gestora entregará o diploma de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, concedido à Praça São Francisco, em São Cristóvão.

Para a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, a visita da ministra a Sergipe, no início da sua gestão, representa a solidez e o compromisso da gestão de Sergipe com a política cultural do país. “No ano passado, recebemos o importante título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, que foi dado à nossa linda Praça São Francisco. Agora, trazer a ministra a Sergipe, para firmar e documentar esse título é, extremamente representativo, pois mostra o respeito que a cultura sergipana tem alcançado no cenário nacional”, disse.

Ana de Hollanda deve visitar o território sergipano ao lado do presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Luiz Fernando Almeida. Há a possibilidade, também, da ministra e do presidente do instituto participarem da solenidade de abertura do Festival Sergipano de Teatro, programada para a mesma data.

Título

A decisão de Patrimônio da Humanidade dado à Praça São Francisco foi anunciada no dia 1 de agosto de 2010, em Brasília, onde se reuniu o Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). O título tão esperado foi amplamente defendido pelo então Ministro da Cultura e presidente do Comitê de Patrimônio da Unesco, Juca Ferreira, durante sua visita a Sergipe, no mês de junho.

Localizada na parte alta no município, a Praça, que tem mais de 400 anos, abriga grandes construções dos séculos XVI e XVII. Entre elas, o Convento e a Igreja de São Francisco, o Museu de Arte Sacra (antiga Capela da Ordem Terceira), a Santa Casa, a Igreja de Misericórdia e o Palácio Provincial, além de casarios antigos. Vale lembrar, que também está localizado na Praça São Francisco, o Museu Histórico de Sergipe, que recentemente completou 50 anos de existência e conta, através do seu acervo, grande parte da história do povo sergipano.

A candidatura, que surgiu em 2007 alegrou, na época, todos os sergipanos que se uniram a fim da aprovação do título. Poder público e sociedade civil formaram uma grande corrente e desde então somaram esforços para que a chancela se tornasse realidade.

O monumento foi o único candidato brasileiro entre os 39 bens que foram avaliados na sessão do Comitê da Unesco deste ano e, agora, é o 18º Patrimônio do país a entrar na seleta lista de menos de mil espaços reconhecidos pela Organização.

Fonte: Agência Sergipe

http://www.infonet.com.br/cultura/ler.asp?id=109595&titulo=cultura