quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Irmã Dulce reconhecida Venerável pelo Vaticano


Irmã Dulce está mais perto da beatificação, quando será reconhecida santa católica. A Congregação para Causa dos Santos do Vaticano concedeu à freira brasileira, o título de “venerável” (20/01). De acordo com o arcebispo de Salvador, D. Geraldo Majella Agnelo, o voto ainda precisa ser formalizado pelo papa Bento XVI.

Para se ter uma idéia, após receber o título de venerável, será preciso a confirmação de um milagre da Irmã Dulce, devendo passar pela última análise ainda este ano.

O processo de canonização da brasileira teve início em 2000 e o título foi unânime entre cardeais, bispos e teólogos da congregação. O que muita gente não sabe é que a Irmã Dulce começou sua vida religiosa em São Cristóvão/SE.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Sistema de tratamento para efluentes dos bares que poluem o Paramopama, se a moda pega...

A Promotoria Especial de São Cristóvão ajuizou ação civil pública contra o AMADO'S BAR e seu proprietário. Motivo: poluição sonora e ambiental. Importante lembrar que o estabelecimento se acha localizado às margens do rio Paramopama. Infelizmente, ele não é único estabelecimento comercial que contamina o nosso maior patrimônio natural, outros bares e oficinas fazem o mesmo.

O AMADO'S BAR não possui licença ambiental obrigatória e foi comprovada a poluição hídrica, por não haver sistema de tratamento para os efluentes líquidos, conforme relatório de fiscalização da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), a Promotoria determinou a suspensão total e imediata das atividades comerciais até a instalação do sistema. Se o proprietário não tomar providências, pagará multa fixada (R$ 5 mil reais) por dia, no caso de descumprimento da decisão judicial.

Sistema de tratamento para efluentes dos bares que poluem o Paramopama, se a moda pega a gente salva o meio ambiente e ainda recebe a chancela de Patrimônio da Humanidade!

Saber mais: Jornal da Cidade, 16/01/2009

Saber mais das mazelas e potencialidades do Rio Paramopama: