quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

ASCLEA HOMENAGEIA MARIA VESTA VIANA

Na tarde de quinta, 31/1, a Academia Sancristovense de Letras e Artes (ASCLEA) realizou a primeira edição do projeto “Homenagem ao Patrono(a)”, com uma sessão dedicada a artista Maria Vesta Viana, patrona da cadeira N. 7, da poetisa Vera Lucia Santos. 

Houve recital poético e palestras sobre a vida e a obra de Vesta Viana, falecida no dia 21 de janeiro de 2017. Dois anos sem Vesta, como alguns ascleanos batizaram o evento, revelou o quanto São Cristóvão era essencial na inspiração e no estado de espirito desta sancristovense, amiga de Zellia Gattai e Jorge Amado. 

O Colégio Prado Meireles enviou 2 turmas para prestigiar o evento. Diante da plateia de estudantes, familiares, artistas e amigos da homenageada, Cleide Santos e Maria Gloria, poetisas, entoaram versos; Thiago Fragata, historiador e biógrafo de Vesta Viana, revelou casos hilários e concitou todos a realizar catalogação da obra dispersa da artista naif, ora como acervo de instituições como o Museu Histórico de Sergipe, ora na mão de colecionadores e/ou leigos. 

O historiador destacou ainda que “Vesta Viana vivia poeticamente e isso se acha plasmado em seus quadros; embora suas poesias – sim, ela escrevia poesias - não tenham entrado no mercado. A cidade era sua fonte de inspiração para os dois movimentos artísticos mais intensos da vida. Sua relação bairrista com São Cristóvão tinha no passado imperial algo extemporâneo. Explico. Vesta era monarquista e vivia àquela época mesmo vivendo em tempos republicanos, não por acaso compareceu a recepção ao herdeiro do trono imperial, Dom Luiz de Orleans e Bragança, aqui mesmo neste museu, por ocasião do plebiscito “Brasil: republicano ou monarquia parlamentarista?”, em 1993. Minha última visão de Vesta Viana foi no seu velório, no dia 21 de janeiro de 2017, percebi que adornando o féretro tinha um terço e um brouche com o brasão imperial. 

GALERIA DE IMAGENS









quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

A OBRA DO DISCIPULADO FALA PELO MESTRE: HOMENAGEM A PROFESSORA IRANI CARVALHO


Por Thiago Fragata*


Na manhã da sexta, 18/01, recebi a notícia do falecimento da professora Irani de Carvalho, 44 anos. Impactado pela triste noticia, silenciei diante da enxurrada de homenagens postada nas internet, em seu perfil. Mas foi o silêncio das instituições, dos governos – ela era concursada pelo Governo do Estado de Sergipe e pela Prefeitura Municipal de Divina Pastora – que me sacudiu o juízo a escrever esse texto sobre o trabalho da educadora. No momento em que o professor é desqualificado pelo Governo de Jair Bolsonaro agora sob o mote da “doutrinação partidária” é pertinente divulgar o nome e a obra de Irani Carvalho. 

Exaltei na minha coluna do jornal Tribuna Sergipe Del Rey, edição de agosto, no dia alusivo ao Dia do Professor, o exemplo desta incansável semeadora de literoatividades. Suas ações de incentivo de leitura e escrita foram sediadas no Colégio Estadual Padre Gaspar Lourenço, em São Cristóvão; e no município de Divina Pastora, na Escola Municipal Fausto de Aguiar Cardoso. A professora era engajada em projetos e atendia o alunado com amor e dedicação. 

DISCÍPULOS VENCEDORES 

O trabalho de Irani Carvalho ganhou notoriedade pela obra do discipulado ou pelos frutos semeados na sua docência. O projeto “Pesca Literária” desenvolvido no Colégio Estadual Padre Gaspar Lourenço entre os anos de 2016 e 2017 figura como endosso. Foi nas oficinas deste que surgiu a ideia de inscrever a poesia VIDA DE PESCADOR, de Jucimara Contreiras (13 anos) na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, em 2016. A pequena poetisa do Paramopama, única sergipana vitoriosa naquela ano, chamava a professora Irani Carvalho de “Fada Madrinha”. A menina prodígio encantou o Brasil numa matéria exibida pela Globo News, em julho de 2018, onde figura como uma das vencedoras do I Concurso de Poesia Falada da ACIJOBA.

Irani Carvalho e Jucimara Contreiras
A partir de uma oficina literária realizada no seu trabalho docente, Irani Carvalho preparou Jucimara Contreiras e um grupo de alunos para participação em outro evento literário com excelente resultado. Inscreveram-se no III Concurso Cultural de Desenho, Pintura e Poesia promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe. Idealizado pela Comissão dos Direitos da Infância, Adolescência e Juventude, esse concurso foi destinado aos estudantes de escolas públicas, do ensino fundamental e médio de todo Estado. O tema proposto foi “Os 28 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente: Olhar por meio da arte”.

Irani Carvalho e aluna Jainne Nascimento 
Incansável na sua jornada, a professora Irani Carvalho desempenhava sua docência no colégio municipal de Divina Pastora, distante 50 km de São Cristóvão. No dia 12 de dezembro do ano passado, a professora compareceu a solenidade do 10º Concurso Nacional Cultural de Redação realizado pela Controladoria Geral da União em Sergipe (CGU). Ela e sua pupila, Jaínne Nascimento dos Santos, estudante do 7° ano, fora agraciadas com prêmios e certificados por conta do desempenho no certame nacional.

Segundo a nota de pesar emitida pelo SINTESE, Irani Carvalho morreu por complicações decorrente de um câncer e foi enterrada em sua cidade natal, Alagoinhas, Bahia.

Para que a obra desta educadora seja eternizada, irei sugerir a apreciação da Academia Sancristovense de Letras e Artes (ASCLEA) que o nome Irani Carvalho figura como patronese, ao lado de outras inexcedíveis educadoras: Ana Couto, Lourdes Tavares dos Santos e Maria Paiva Monteiro.


*Presidente da Academia Sancristovense de Letras e Artes (ASCLEA), Diretor de Arte e Cultura de São Cristóvão/SE. Email: thiagofragata@gmail.com

FONTES DE PESQUISA
FRAGATA. Thiago. Coluna Cul(SC)turando São Cristóvão. Jornal Tribuna Sergipe Del Rey. São Cristóvão, setembro 2018, p. 4.
Nota de pesar pelo falecimento da educadora Irani Carvalho
http://www.sintese.org.br/educacao/rede-estadual/6850-nota-de-pesar-pelo-falecimento-da-educadora-irani-arvalho.html?fbclid=IwAR0Xvgb_nKQfUvChXzHBhl9v4N2y5yW2pI973Jp2mJJ46lJYY92OiicGmMs
10º. Concurso Nacional de Redação da CGU
http://divinapastora.se.gov.br/noticias/10%C2%BA-concurso-nacional-cultural-de-reda%C3%A7%C3%A3o-da-controladoria-geral-da-uni%C3%A3o-cgu