quarta-feira, 16 de junho de 2010

Wanderlê defende a participação de todos na campanha da praça

Deputado Estadual Professor Wanderlê na tribuna
Foto: Janaina Santos

Por Edjane Oliveira, Agencia Alese

O Deputado Estadual Wanderlê Correia (PMDB) fez discurso na sessão desta segunda-feira, 14/6, para registrar a declaração de apoio do presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, à candidatura da praça São Francisco, em São Cristóvão, a Patrimônio da Humanidade, durante visita realizada na semana passada a Sergipe. O parlamentar lembrou que o assunto foi tratado por ele na Assembléia em agosto do ano de 2007, quando apresentou moção de apoio ao reconhecimento do conjunto arquitetônico da praça como Patrimônio da Humanidade, propositura que foi aprovada por unanimidade.

Wanderlê ressaltou que todos, independente de ser ou não morador do município, devem defender a candidatura. Ele disse que em abril de 2008, a partir de um requerimento de sua autoria o coordenador da Comissão Pró-candidatura da praça, o historiador Thiago Fragata, ocupou a tribuna da Assembléia para falar sobre o assunto, mostrando a importância para o desenvolvimento do Estado, uma vez que o título internacional concedido pela Unesco costuma atrair o interesse de investidores.

Na avaliação do deputado peemedebista, Sergipe tem grande chance de receber o título tão importante, durante a realização da 34ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, que será realizada em Brasília (DF), nos dias 25 de julho e 2 de agosto. "Esse título é importante para o crescimento do progresso material de Sergipe, especialmente no que se refere ao turismo, pois sabemos que este quando planejado e sustentável oportuniza progresso efetivo e não poluidor", afirmou.

De acordo com o deputado Wanderlê, é por acreditar na força e na viabilidade deste segmento da economia que o governo do Estado está recuperando o conjunto arquitetônico não só da praça São Francisco, como de todo centro histórico e deve inaugurar no próximo dia 22 o projeto de iluminação luminotécnica, que reconstitui, o cenário colonial da praça candidata.

O deputado fez questão de enumerar algumas obras que foram feitas ou estão sendo executadas pelo governo que se configuram itens importantes que devem pesar para que a praça São Francisco seja escolhida pela Unesco. Entre elas Wanderlê citou a inauguração da iluminação especial; a duplicação do primeiro trecho da rodovia João Bebe Água; o início da obra de esgotamento sanitário no centro histórico, para que possa pelo menos diminuir nos próximos anos a poluição doméstica ao rio Paramopama, uma obra de mais de R$ 7 milhões.

Projetos de educação

Wanderlê citou ainda a criação da Subsecretaria de Patrimônio Cultura, que tem à frente o professor Luis Alberto. O órgão tem a função de fiscalizar as obras e desenvolver projetos voltados à educação patrimonial da população. "Todos sabemos que a sofrida população são-cristovense carece de preparação para o novo momento que se aproxima e precisa aumentar cada vez mais sua autoestima", disse.

Ele citou alguns movimentos que têm ocorrido em São Cristóvão com o objetivo de envolver a população para que se alcance o objetivo de ver a praça São Francisco reconhecida como patrimônio da humanidade. "Mas quero ressaltar que essa luta não pode ser só da população de São Cristóvão, mas de todo povo instituições de Sergipe. Ter esse reconhecimento de Patrimônio da Humanidade é motivo de orgulho para todos e, portanto, deve ser uma luta do povo sergipano, que teve sua origem naquela cidade", afirmou, convocando todos os colegas parlamentares a se engajarem ao movimento.

O deputado Wanderlê informou que hoje visitou a Universidade Federal de Sergipe (UFS), cujo campus está localizado no município de São Cristóvão, para que também se junte a esta luta. Ele disse que durante a semana estará visitando outras instituições, como o Tribunal de Justiça, a Arquidiocese de Aracaju, os Correios, órgãos de imprensa, entre outras, convidando-as a se somarem.

Em seu pronunciamento, Wanderlê Correia pediu autorização à presidência da Mesa Diretora para representar o Parlamento no dia da votação, em Brasília. "Gostaria também de solicitar a esta Casa que o encerramento do período Legislativo fosse com uma sessão especial na cidade de São Cristóvão, visto que após nosso retorno do recesso o Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco já terá se reunido em Brasília", disse, acrescentando que requerimento nesse sentido já foi aprovado em plenário.

Fonte:

http://www.jusbrasil.com.br/noticias/2234462/wanderle-defende-participacao-de-todos-na-candidatura-da-praca-sao-francisco-a-patrimonio-da-humanidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.