segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

PREFEITO ALEX ROCHA ASSINA PAC II


Por Grazielle Santos ASCOM/PMSC


Assinado nesta manhã, 06, pelo Prefeito Alex Rocha o protocolo federativo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II). Realizada no salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília, a solenidade contou com a presença do presidente Lula e demais prefeitos de todo o país. As obras do PAC II contemplarão os bairros Jardim Rosa Maria, loteamentos Lauro Rocha e Alto da Divinéia, que receberão as obras de pavimentação, drenagem e calçamento.

Além dessas ações, a cidade patrimônio da humanidade também foi contemplada com a obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário, compreendendo ligações prediais, rede coletora, estações elevatórias, linhas de recalque e ampliação da estação de tratamento de esgoto.

Investimentos
Em Sergipe, os investimentos para as cidades que compõem o Grupo 1 do PAC - capitais, regiões metropolitanas e cidades com mais de 70 mil habitantes - somam R$ 176,4 milhões e contemplam além da quarta cidade mais antiga do país, os municípios de Aracaju, Itabaiana, Lagarto, Nossa Senhora do Socorro.
A seleção alcança projetos de saneamento, habitação, pavimentação e contenção de encostas e áreas de risco e instalação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Praças do PAC, voltadas para as cidades maiores. Os municípios menos populosos terão a seleção de seus projetos anunciada ainda em dezembro.
Nesta primeira fase, Sergipe receberá R$ 160,1 milhões em investimentos em habitação, saneamento, drenagem e pavimentação, além de três Praças do PAC, 19 unidades básicas de saúde e uma unidade de pronto atendimento. Em todo o país, os projetos anunciados pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta manhã chegam a R$ 18,550 bilhões.

Projetos
Habitação - Obras para urbanização de assentamentos precários e construção de unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida.
Saneamento - Intervenções e obras de abastecimento e tratamento de água e esgoto, saneamento integrado e drenagem.
Pavimentação - Obras de pavimentação de vias em bairros carentes de infraestrutura urbana.
Encostas - Obras de contenção de encostas em áreas de risco.
Praças do PAC - Equipamentos que integrarão atividades e serviços culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital.
Unidades Básicas de Saúde (UBS) - Unidades destinadas a abrigar equipes de Saúde da Família, que desempenham ações de promoção e proteção de saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde.
Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) - Estabelecimentos de saúde de complexidade intermediária entre as UBS e a Rede Hospitalar. Serão implantadas em pontos estratégicos para a configuração das redes de atenção à urgência.

Texto: Grazziele Santos

Foto: Lucas Ribeiro/Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.