sábado, 28 de julho de 2012

JORGE AMADO E O DOCE PATRIMÔNIO DE SÃO CRISTÓVÃO


Jorge Amado falava com orgulho da sua raiz sergipana - seu pai nascera em Estância e nesse mesmo município o escritor morou em 1937/1938. Suas obras estão pontuadas de lugares e personagens de Sergipe, não por acaso ele recebeu título de cidadão sergipano em 1973.

O Programa Plural, da TV Aperipê, dedicou edição especial a relação de Jorge Amado com São Cristóvão. A artista Vesta Viana, amiga de Jorge Amado e Zéllia Gattai, abriu suas cartas e um baú de lembranças; junto com o historiador Thiago Fragata relembrou o quanto o saudoso amigo apreciava os doces da quarta cidade mais antiga do Brasil, chegando a fazer encomendas pelos correios.

Thiago Fragata já havia mostrado numa de suas pesquisas a relação de Jorge Amado e São Cristóvão através da obra Cacau, de 1933.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.