quarta-feira, 25 de abril de 2012

X Roda de leitura de São Cristóvão: Corpo em movimento

Lola Arévalo se prepara para leitura de "A bailarina", de Cecília Meireles

Roda de Leitura dedicada a dança foi realizada quarta, 25/4, na Biblioteca Pública Lourival Baptista, em São Cristóvão. No repertório poesias de Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, José Guilherme S. Filho e Carmen Lúcia Carvalho de Souza. Os contadores Lola Arévalo, Eliene Barbosa, Rosi Barbosa e Thiago Fragata compartilharam as poesias com os alunos do Colégio Estadual Padre Gaspar Lourenço. Convidado especial, dançarino Nelson Santos falou do últimos trabalhos premiados e do X Dança São Cristóvão que acontecerá de 26 a 29 do corrente mês, sempre a partir das 18:00 horas, no Espaço Cultural Pedro Batalha de Góis.

Segue poesias, respectivos autores e intérpretes: 


A BAILARINA


Cecília Meireles
Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
Mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.

Essa poesia foi interpretada por Lola Arévalo.



A DANÇA E A ALMA

Carlos Drummond de Andrade
A dança? Não é movimento
súbito gesto musical
É concentração, num momento,
da humana graça natural

No solo não, no éter pairamos,
nele amaríamos ficar.
A dança-não vento nos ramos
seiva, força,perene estar
um estar entre céu e chão,
novo domínio conquistado,
onde busque nossa paixão
libertar-se por todo lado...

Onde a alma possa descrever
suas mais divinas parábolas
sem fugir a forma do ser
por sobre o mistério das fábulas

Essa poesia foi interpretada por Rosi Barbosa.



MUDANÇA...MU...DANÇA ...MUDA!

José Guilherme S. Filho
Na dança da mudança só não se alcança
quem no ritmo da mudança não se lança

Muda o mundo e todo mundo muda
quem não muda fica mudo para o mundo

O sujeito que rejeita as mudanças
E sempre diz não às variâncias
nem se sujeita a perceber
que já está mudando de mundo sem querer

A mudança muda e muda sem se fazer notar e
Vai continuar a mudar
E de tão silenciosa fica muda
E muda não responde aos gritos de socorro
Dos que não querem mudar!

Essa poesia foi interpretada por Eliene Marcelo Santos da Silva.



DANÇA,BAILARINA, DANÇA...
Carmen Lúcia Carvalho de Souza
Dança, bailarina, dança
Põe nos teus passos toda a harmonia
E toda a poesia nas pontas de teus pés
Em gestos nobres,faze surgir a fé!!!

Gira,bailarina,gira...
Vai girando e semeando amor,
Mais depressa que as voltas do mundo,
Pra que haja tempo de matar a dor!

Baila, bailarina,baila...
Traze contigo a primavera
Pra florir os campos,florescendo a Terra,
Numa explosão de cores que tua dança encerra.
Faze de tua arte uma suave prece
Capaz de enternecer os corações de pedra
Faze tua música soar tão alto
Calando assim os estopins da guerra!!!
Mostra ao Homem que o teu bailado
Expressa a vida nesse simples ato...
Onde o amor é tudo,onde o amor é nato.

Que em teus saltos ponhas tua garra
Seguindo sempre a luz de teu clarão,
Quebrando muros para unir os povos
Num universo único, onde se dêem as mãos.

Abre tua alma, no esplendor da dança...
Não desistas nunca e verás,enfim,
Bailar no campo,doce e cálida esperança,
Em meio às flores de um lindo jardim...

Essa poesia foi interpretada por Thiago Fragata.



GALERIA DE IMAGENS




Lola se prepara para leitura de "A bailarina", de Cecília Meireles

Rosi Barbosa fez leitura de "A dança e a alma", de Carlos Drummond de Andrade


Eliene Marcelo fez leitura de "Mudança, mu... dança, muda!", de Guilherme Santos

Thiago Fragata fez leitura de "Dança, bailarina, dança!", de Carmen Lúcia

Dançarino Nelson Santos falou das conquistas da dança e da sua vida

Aglaé Fontes, Secretária Municipal de Cultura, falou da importância das rodas de leitura.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.