sexta-feira, 16 de julho de 2010

Praça São Francisco pode se consagrar Patrimônio da Humanidade

Praça com nova iluminação. Foto: Marcos Santana, 2010

Entre 25 de julho e 3 de agosto deste ano, a Praça São Francisco, em São Cristóvão, e seu entorno pode se tornar Patrimônio da Humanidade. A decisão sairá na 34ª Sessão do Comitê de Patrimônio Mundial da Unesco, que vai acontecer em Brasília. “Esta é a única candidatura brasileira a ser julgada nesta reunião, que vai acontecer aqui no Brasil. Estamos muito esperançosos”, disse Thiago Fragata, historiador e sancristovense. Thiago, que é também especialista em História Cultural, é o coordenador da Comissão Pró-candidatura, criada em 2008 e formada por órgãos públicos, privados e diversas entidades, unidas pela conquista deste título.

A candidatura da Praça São Francisco a Patrimônio da Humanidade foi apresentada em dezembro de 2005 por uma comissão do Itamaraty. O trabalho ganhou corpo em 2006, com o dossiê de candidatura da praça argumentado em três pontos fundamentais, segundo o coordenador da comissão. “Nós temos a herança hispância em diversos elementos; a praça é cenário de diversas manifestações, sejam solenes, religiosas, folclóricas; além da arquitetura relevante e preservada”, explicou. O dossiê teve supervisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), patrocínio do Governo do Estado de Sergipe, através da Secretária de Infraestrutura, e apoio institucional do Monumenta e da Prefeitura Municipal de São Cristóvão.

Em 2007, uma comissão da Unesco esteve em São Cristóvão para checar as informações do dossiê. No ano de 2008, durante a 32ª Sessão do Comitê de Patrimônio Mundial da Unesco, que aconteceu em Quebéc, a Unesco sugeriu a inclusão do entorno da praça no processo. “Desde então, governos federal, estadual e municipal, além de outros entes, estão fazendo ajustes e cumprindo determinações da Unesco para a conquista do título para a Praça São Francisco”, disse Thiago.

O acesso a São Cristóvão está sendo facilitado pelos governos federal e estadual através da duplicação da rodovia João Bebe Água e melhoria da sinalização em Rita Cacete. A Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) está com um projeto para esgotamento sanitário e uma estação de tratamento para o rio Paramopama. “A região do rio é um patrimônio cultural, pois reúne arquitetura, história e natureza”, acrescentou Thiago.

Foi feita na praça uma iluminação especial. “A iluminação cenográfica permite usar a luz adequada para cada manifestação pública que tivermos, seja uma solenidade política, uma peça de teatro, uma apresentação folclórica”, explicou. Além disso, toda a fiação elétrica e telefônica na região da praça é subterrânea. “Agora sim, nós poderemos contemplar toda a beleza histórica do local”, disse Thiago.

Além disso, tem havido todo um trabalho de mobilização da comunidade. “Temos feito diversas ações junto à população, incutindo a educação ambiental e patrimonial, conscientizando para a importância de cuidar do bem público”, informou Thiago. “Isso inclui a imprensa, em abraçar em definitivo a campanha”, acrescentou.

BENEFÍCIOS

Conquistar o título de Patrimônio da Humanidade inclui São Cristóvão, e Sergipe, no roteiro turístico internacional com chancela da Unesco. “A cidade de São Cristóvão pode se tornar a capital cultural de Sergipe, a exemplo de Olinda, que tem uma vida, uma movimentação turística independente de Recife, a capital de Pernambuco”, explicou Thiago.

Além disso, gera uma responsabilidade social de todos os envolvidos, desde a população aos governantes, para a manutenção da cidade. “Se não cuidar do meio ambiente, da conservação do patrimônio público, a Unesco tira a título”, finalizou Thiago.


Se você quer conhecer o projeto por completo, visite o site oficial da candidatura (http://pracasaofrancisco.se.gov.br).


MATÉRIA RELACIONADA:

Inauguração da Iluminação da Praça São Francisco

http://www.jornaldacidade.net/2008/noticia.php?id=68713

FONTE:

http://www.jornaldacidade.net/2008/noticia.php?id=70727



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa matéria.