terça-feira, 22 de março de 2011

Poesia dedicada a João Bebe-Água

Poetisa Maria Gloria interpretou poesia de Freire Ribeiro


Inauguração da sede da ONG Ação Popular e Cidadania João Bebe-Água (ACIJOBA), em São Cristóvão, no último dia 17 de março do ano corrente, contou com extensa programação. Momento inesquecível foi a performance da poetisa Maria Gloria que interpretou poesia de Freire Ribeiro dedicada a João Bebe-Água.


BEBE-ÁGUA

Sentado na noite

Num trono de estrelas

Bebe-Água conversa

Com a velha cidade!...


Regressou do outro-mundo

E do sono profundo

Que a morte derrama

Com mãos de veludo

Nos olhos dos vivos

Sejam reis ou cativos!...


Bebe-água cochicha

Nas sombras da noite

Com as velhas igrejas!...

É fantasma de um sonho,

É o próprio lamento

Do ontem vestido

O burel do passado

Na paz dum convento!


Os mortos retornam

Em sonhos amados,

Revendo, na vida,

As cousas passadas!...


Conversa um sobrado

Que está caducando

Com João Bebe-Água

Com ele lembrando

À luz de outra idade,

Os dias de glória

Da velha cidade!


Ilustres figuras

Egrégios senhores,

Humildes escravos

- sinhazinhas amadas

Que, na morte, abrumadas

Não sentem da vida

A luz e o calor!


Com chagas imensas

No corpo invisível

- as chagas do pranto

Nos olhos da dor.

Bebe-Água, coitado

Revendo o passado

Bebe-Água é saudade

Bebe-Água é amor!...



FONTE: RIBEIRO, João Freire. São Cristóvão em Sergipe Del-Rey (poesias). 1971, p. 18.

2 comentários:

  1. ESTIVE EM SÃO CRISTÓVÃOANO PASSADO E ME APIXONEI. GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE AS HISTÓRIAS DO QUILOMBO QUE OUVI DIZER QUE TEM AÍ! SOU ESPECIALIZADA EM HISTÓRIA E CULTURA AFRICANA E AFRODESCENDENTE E FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA QUILOMBOS PELA FEDERAL AQUI NO CEARÁ. E PENSEI QUE SÃO CRISTÓVÃO PUDESSE ME RENDER UM BELO ESTUDO! PARABÉNS PELO TRABALHO!

    SHEILLA ARAÚJO

    ResponderExcluir
  2. A minha mãe arrasa não é ?
    linda linda !

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre essa matéria.